depressao.jpg

A depressão resistente faz parecer que não há jeito...

... mas existe sim 
esperança para a 
Depressão Resistente ao Tratamento

A ciência e a tecnologia farmacológica têm evoluído juntas no combate à Depressão Resistente ao Tratamento, mesmo nos quadros que parecem não ter solução.

A Cetamina, a Escetamina e a Estimulação Magnética Transcraniana (EMT) são opções de tratamento modernas e seguras que têm devolvido o equilíbrio e a qualidade de vida a muitos pacientes que sofriam do Transtorno Depressivo Maior.

A Psiquiatria é a especialização da Medicina que se dedica a estudar e tratar a saúde mental para ajudar a devolver equilíbrio e bem-estar aos pacientes.

depressao-o-que-e.jpg

O que é uma Depressão Resistente ao Tratamento?

Transtorno Depressivo Resistente ao Tratamento (DRT) é o diagnóstico realizado por um profissional médico a respeito de um paciente depressivo que já passou primeiramente por outros tratamentos medicamentosos tradicionais por um determinado período de acompanhamento, mas que apresentou pouca ou nenhuma melhora dos sintomas.

 

Estima-se que, no Brasil, entre 10% e 30% dos casos de depressão sejam resistentes aos tratamentos iniciais.

Apesar de parecer que "nada dá certo", a Psiquiatria tem outras alternativas para a DRT.

ciencia.jpg

Cetamina
e Escetamina

A Cetamina (ou Ketamina) e sua derivação Escetamina são medicamentos anestésicos que também têm efeito antidepressivo quando usados em quantidade muito baixa.

 

Os resultados de pesquisa mostram que essas drogas têm um efeito rápido e duradouro, tanto para a melhora de sintomas depressivos quanto para o alívio de pensamentos suicidas.

 

A aplicação da Escetamina é feita por meio de um simples spray intranasal (pelo nariz).

Desde 2020, a Escetamina já é uma realidade regulamentada no Brasil, mas precisa obrigatoriamente ser feita por médicos autorizados.

etm_edited.jpg

Estimulação Magnética Transcraniana

A Estimulação Magnética Transcraniana (EMT ou TMS, do inglês Transcranial Magnetic Stimulation) é uma técnica de combate à Depressão Resistente ao Tratamento, de forma não invasiva, segura e não necessita de anestesia geral.

A EMT funciona por meio de bobinas colocadas no couro cabeludo do paciente, gerando campos magnéticos capazes de induzir a ativação de neurônios de uma área desejada no cérebro. O resultado é o efeito antidepressivo.

No Brasil, o uso da EMT no tratamento contra a depressão é permitido apenas em casos em que a doença é resistente (DRT) aos tratamentos convencionais e só pode acontecer após uma avaliação detalhada por um(a) médico(a) especializado(a).

cerebro-800-800-semi-transparente.png
Perfil-InJQ-Logo-21-anos.tif

Diretora Técnica Médica (Criciúma):

Kelen Cancellier Cechinel Recco

CRM-SC 13.394 | RQE 10.277

Diretora Técnica Médica (Araranguá):

Ritele Hernandez da Silva

CRM-SC 11.444 | RQE 11.334

Diretor Técnico Médico (Turvo):

Rafael Arceno

CRM-SC 18.994 | RQE 14.708

Equilíbrio
para viver em paz.

Psiquiatria para viver bem.

Com uma história de mais de 20 anos, o Instituto de Neurociências Dr. João Quevedo (InJQ) é um centro de referência no sul de Santa Catarina em pesquisa, ensino e atendimento clínico psiquiátrico, com diversos médicos especialistas em saúde mental.

Além de atendimento a domicílio, o InJQ possui estrutura completa nas cidades de Criciúma, Araranguá e Turvo, onde também ofertamos o Programa de Imersão Psiquiátrica (internação 24 horas), proporcionando ambientes de cuidados e reintegração a hábitos saudáveis.

Em época de pandemia, o InJQ passa a atender clinicamente por Telemedicina, ou seja, consultas médicas on-line, por meio de videochamadas pela internet, com prescrição de receitas.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

Telemedicina
com Agendamento
on-line
Agora você pode agendar horários com todos os especialistas do InJQ para consultas on-line ou presenciais.
iStock-1174402690.jpg