Blog do InJQ

Buscar
  • Dr. Rafael Arceno

Bebida Alcoólica, Saúde mental e Suicídio


O consumo de bebida alcoólica é difundido e aceito na sociedade, entretanto pode causar prejuízo significativo na saúde. Associado a acidentes de trânsito, comportamento violento, doenças no fígado e coração, o álcool também tem grande impacto na saúde mental da população.

No período de um ano, aproximadamente 8% da população apresenta o Transtorno por uso de Álcool (TUA). Um recente estudo, publicado na revista brasileira de psiquiatria, mostrou que pessoas que sofrem de TUA são mais propensas a desenvolver outros transtornos psiquiátricos. Cerca de 40% das pessoas que sofrem de TUA apresentam também, pelo menos um Transtorno de Humor, e mais de 30% podem apresentar Transtorno de Ansiedade.

Além disso, outro grave problema associado ao álcool, é o suicídio. Portadores de TUA, tem entre 60 e 120 vezes mais chances de cometer suicídio do que o restante da população. Cerca de 85% das pessoas que cometem suicídio, apresentam Depressão e TUA ao mesmo tempo.

No Brasil é notado um aumento nas taxas de transtornos psiquiátricos como a depressão, e consequentemente um aumento no número de suicídios. O consumo de bebida alcoólica continua a ser comum e está iniciando cada vez mais cedo.

Por isso, é preciso trabalhar na conscientização dos riscos do consumo excessivo de álcool, assim como no diagnóstico precoce e tratamento adequado dos problemas psíquicos relacionados. Assim podendo prevenir complicações e consequências negativas.

Fique atento, cuide de sua saúde mental e beba com moderação.

Dr. Rafael Arceno

CRM-SC 18994

Psiquiatria - RQE 14708

rafael.arceno@injq.com.br

Destaques
Mais Recentes