Blog do InJQ

Buscar
  • Equipe InJQ

Crianças com enxaqueca apresentam risco maior de TDAH


Um estudo publicado pelo pesquisador brasileiro Marco Antônio Arruda na importante revista Journal of Attention Disorders verificou que crianças que apresentam enxaqueca, têm, também, um risco cerca de 7 vezes maior de apresentarem sintomas de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

Para chegar a essa conclusão, foram avaliados pais e professores de mais de 5 mil crianças com idades entre 5 e 12 anos em um grande estudo epidemiológico chamado Projeto Atenção Brasil. No grupo estudado, cerca de 9% das crianças apresentavam enxaqueca episódica e 0,6% apresentavam enxaqueca crônica (ou seja, mais de 14 dias por mês com dor de cabeça por um período maior que 3 meses).

O estudo verificou que, nas crianças com enxaqueca, cerca de 11% apresentavam, também, sintomas de TDAH e naquelas com enxaqueca crônica, quase 20% tinham o transtorno. Esses números foram muito maiores do que os controles (crianças sem enxaqueca), nas quais apenas 3% apresentavam sintomas de TDAH.

Segundo o pesquisador, ainda não se tem uma explicação para a relação entre enxaqueca e TDAH. É possível que existam fatores genéticos e ambientais envolvidos e que influenciam na atividade de diversos neurotransmissores relacionados tanto em uma condição quanto na outra.

Salienta-se, contudo, a importância de se avaliar o rendimento escolar, a frequência às aulas e a saúde mental de todas as crianças que se queixam de dor de cabeça.

Dr. Jaime Lin CRM/SC 11401 Especialista em Pediatria – RQE 8287 Especialista em Neurologia Pediátrica – RQE 8330

Destaques
Mais Recentes
Biblioteca

INSTITUTO DE NEUROCIÊNCIAS DR. JOÃO QUEVEDO

NEUROCIÊNCIA, PSIQUIATRIA E ENSINO PARA VIVER MELHOR

Ligue  0800-006-2307 | contato@injq.com.br

 

PSIQUIATRIA | NEUROLOGIA | DEPENDÊNCIA QUÍMICA  

CONSULTAS | ATENDIMENTO DOMICILIAR | INTERNAÇÃO

CRIANÇAS E ADOLESCENTES | ADULTOS | IDOSOS

  • Instagram Instituto João Quevedo
  • Facebook Instituto João Quevedo

Acompanhe as novidades

nas mídias sociais.

Diretora Técnica Médica (Criciúma):

Drª. Kelen Cancellier Cechinel Recco

CRM-SC 13.394 | RQE 10.277

Diretora Técnica Médica (Araranguá):

Drª. Ritele Hernandez da Silva

CRM-SC 11.444 | RQE 11.334

Diretor Técnico Médico (Turvo):

Dr. Rafael Arceno

CRM-SC 18.994 | RQE 14.708