Blog do InJQ

Buscar
  • Equipe InJQ

A Cetamina como alternativa de tratamento para depressão.


As infusões de Cetamina podem ser úteis no tratamento do transtorno depressivo, incluindo depressão bipolar. Tem se mostrado eficaz para sintomas extremamente agudos, incluindo ideação suicida e sintomas resistentes ao tratamento.

Representando uma alternativa quando outras opções não apresentam resultado efetivo. A Cetamina pode aliviar os sintomas negativos da depressão dentro de poucas horas para uma grande parte daqueles que recebem as aplicações, mesmo para os sintomas mais severos e resistentes ao tratamento - muitas vezes ajudando aqueles que sofrem há décadas. Os estudos demonstram que 70% dos pacientes que fazem uso da medicação apresentam resultados clinicamente significativos.

A Cetamina possui uma história de uso seguro e efetivo, com um crescente número de pesquisas e resultados clínicos positivos. A opção para tratar sintomas psiquiátricos, incluindo depressão, geralmente escolhida é uma infusão com dose baixa de Cetamina e com duração aproximada de duas horas e trinta minutos. Dependendo do serviço escolhido. Isso inclui duas horas de infusão ativa e recuperação de trinta minutos antes dos pacientes serem liberados. O tratamento é realizado em ambiente hospitalar, com toda segurança necessária.

Alguns poucos pacientes podem sofrer alucinações visuais e outros efeitos colaterais leves que se desfazem em até 40 minutos após a infusão. Embora os efeitos colaterais sejam improváveis, o médico responsável deve acompanhar os procedimentos e manter o monitoramento contínuo dos pacientes.

Normalmente, são realizadas uma série de 12 infusões, com frequência semanal. E conforme a resposta do paciente são realizadas aplicações de manutenção. O número e a frequência dos tratamentos variam de paciente para paciente, dependendo de fatores como a gravidade dos sintomas, outros medicamentos utilizados e resposta individual ao procedimento.

Tem se mostrado como uma alternativa para os pacientes que apresentam sintomas graves, com resistência aos tratamentos até então disponíveis. Converse com seu psiquiatra para maiores informações.

Dra. Ritele Hernandez da Silva

Psiquiatra

CREMESC: 11444 RQE:11334

ritele.silva@injq.com.br

Destaques
Mais Recentes
Biblioteca

INSTITUTO DE NEUROCIÊNCIAS DR. JOÃO QUEVEDO

NEUROCIÊNCIA, PSIQUIATRIA E ENSINO PARA VIVER MELHOR

Ligue  0800-006-2307 | contato@injq.com.br

 

PSIQUIATRIA | NEUROLOGIA | DEPENDÊNCIA QUÍMICA  

CONSULTAS | ATENDIMENTO DOMICILIAR | INTERNAÇÃO

CRIANÇAS E ADOLESCENTES | ADULTOS | IDOSOS

  • Instagram Instituto João Quevedo
  • Facebook Instituto João Quevedo

Acompanhe as novidades

nas mídias sociais.

Diretora Técnica Médica (Criciúma):

Drª. Kelen Cancellier Cechinel Recco

CRM-SC 13.394 | RQE 10.277

Diretora Técnica Médica (Araranguá):

Drª. Ritele Hernandez da Silva

CRM-SC 11.444 | RQE 11.334

Diretor Técnico Médico (Turvo):

Dr. Rafael Arceno

CRM-SC 18.994 | RQE 14.708