Blog do InJQ

Buscar
  • Ex-colaboradores InJQ

Dor crônica


Olá, meu nome é Eula Carla e eu sou médica neurologista no Instituto de Neurociências Dr. João Quevedo. Hoje vamos falar sobre Dor.

A dor foi e continua sendo uma das grandes preocupações da humanidade. Desde os primórdios da civilização, de acordo com os registros gráficos da Pré-história e com os vários documentos escritos posteriormente, o ser humano procura esclarecer as razões que justificam a ocorrência da dor e desenvolver procedimentos destinados ao seu controle.

Apesar dos progressos, ainda há barreiras na assistência ao doente com dor, incluindo a inadequada formação dos profissionais de saúde, a insatisfatória fonte de informações e o não-reconhecimento pelos investigadores e clínicos da diferença entre dor aguda e crônica. Muitos profissionais de saúde ignoram os métodos e os cuidados apropriados destinados aos doentes com dor, e muitos tratamentos são realizados empiricamente e fundamentados no uso aleatório de analgésicos administrados por vias, em doses e a intervalos inapropriados. A situação é mais crítica em relação ao tratamento dos doentes com dor crônica, condição em que frequentemente a relação entre o comportamento psíquico e o físico torna-se complexa e implica a concorrência de profissionais das áreas de reabilitação física e mental.

A ocorrência de dor é crescente talvez em decorrência dos novos hábitos da vida, da maior longevidade do indivíduo, do prolongamento da sobrevida dos doentes com afecções clínicas naturalmente fatais, das modificações do meio ambiente, do reconhecimento de novas condições álgicas e, provavelmente, da aplicação de novos conceitos que traduzem seu significado (Bouche; Arné-Bess, 1997; Magni et al., 1993). Além de gerar estresses físicos e emocionais significativos para os doentes e seus cuidadores, é razão de fardos econômicos e sociais para a sociedade.

Nas próximas postagens falaremos mais sobre cada tipo de dor (aguda, crônica, neuropática, oncológica, fibromialgia entre outras) e como podemos ajudar no tratamento.

Dra. Eula Carla Sousa

Médica - CRMRS 40.518

Especialista em Neurologia

eula.sousa@injq.com.br

Destaques
Mais Recentes