Blog do InJQ

Buscar
  • Dr. Roberto Alves de Oliveira

Depressão pós-férias: sintomas e causas


Quem nunca sentiu um aperto no peito na segunda-feira de manhã depois daquelas férias maravilhosas? Não é fácil voltar de férias. Encarar o trânsito, os horários e as obrigações fica mais difícil quando a lembrança de dias tranquilos, prazerosos e sem compromissos ainda está fresca na memória.

Com raríssimas exceções, todos nós sentimos o peso do retorno à dura realidade, mas há alguns que sofrem mais do que outros. É a chamada depressão pós-férias.

O que é a depressão pós-férias?

A depressão pós-férias é um conjunto de sintomas, tais como frustração e desânimo, que ocorre no retorno ao trabalho. Pode ser resultado do choque do período de folga com antigos problemas, como relacionamento com chefe e colegas, ou atuação em uma área profissional indesejada.

No Brasil

Um trabalho conduzido pelo braço nacional da Associação Internacional de Gestão do Estresse (Isma) mostrou que 23% dos brasileiros têm depressão pós-férias, também conhecida como síndrome pós-férias.

Quais os sintomas?

Diferentemente da tristeza (que acomete quase todos os que voltam de alguns dias ou semanas de folga – e que logo passa), a síndrome pós-férias perdura por pelo menos 14 dias e pode ter consequências perigosas.

O profissional pode encontrar problemas ao retomar tarefas simples da rotina, como fazer a barba, tomar banho e até sair da cama. Retornar ao ritmo laboral parece impossível. Alguns nem sequer conseguem chegar ao trabalho e preferem ficar em casa.

Por que ela acontece?

Muitas vezes, isso acontece pela manifestação de problemas que já se acumulavam no plano profissional, mas que estavam latentes. Em vários casos, as férias já são planejadas devido ao estresse intenso e o início dos sintomas depressivos, que são amenizados com o prazer do descanso e tempo livre para o lazer.

Quando as férias acabam, essa sensação de que tudo volta ao normal não ocorre, e assim aparecem os sintomas depressivos.

O que fazer?

Nessa hora, é fundamental buscar ajuda profissional para superar esses sintomas e encarar o ano que vem pela frente.

Fontes: NSC e Veja

Dr. Roberto Alves de Oliveira

Médico Psiquiatra

CRM-SC 19.746 | RQE 17.272

Destaques
Mais Recentes
Biblioteca

INSTITUTO DE NEUROCIÊNCIAS DR. JOÃO QUEVEDO

NEUROCIÊNCIA, PSIQUIATRIA E ENSINO PARA VIVER MELHOR

Ligue  0800-006-2307 | contato@injq.com.br

 

PSIQUIATRIA | NEUROLOGIA | DEPENDÊNCIA QUÍMICA  

CONSULTAS | ATENDIMENTO DOMICILIAR | INTERNAÇÃO

CRIANÇAS E ADOLESCENTES | ADULTOS | IDOSOS

  • Instagram Instituto João Quevedo
  • Facebook Instituto João Quevedo

Acompanhe as novidades

nas mídias sociais.

Diretora Técnica Médica (Criciúma):

Drª. Kelen Cancellier Cechinel Recco

CRM-SC 13.394 | RQE 10.277

Diretora Técnica Médica (Araranguá):

Drª. Ritele Hernandez da Silva

CRM-SC 11.444 | RQE 11.334

Diretor Técnico Médico (Turvo):

Dr. Rafael Arceno

CRM-SC 18.994 | RQE 14.708