Blog do InJQ

Buscar
  • Dr. José Aires Maggi Coelho

Idosos em isolamento: atenção à saúde mental

Com a pandemia do coronavírus e COVID-19, existem várias questões importantes relacionadas aos cuidados com a saúde mental dos idosos, especialmente durante o isolamento.

O impacto na saúde mental dos idosos devido à pandemia do coronavírus e da COVID-19 está relacionado ao isolamento social, à diminuição da dinâmica do dia a dia, ao estresse gerado pelos cuidados necessários para a prevenção e até pelo excesso de informações.

Além disso, uma eventual infecção pode aumentar a vulnerabilidade do idoso para problemas de saúde mental.

O isolamento social é importante, mas ele pode ocasionar sintomas de depressão, ansiedade, transtorno de pânico e até suicídio, além de agravar as doenças psiquiátricas pré-existentes e/ou que já estejam em tratamento.

Nesse período de pandemia por coronavírus, em que os idosos devem permanecer em isolamento, é importante que cuidadores e familiares fiquem atentos ao primeiro sinal de tristeza, desânimo, falta de energia, pensamentos negativos, falta de esperança e mudanças no comportamento.

Estudos epidemiológicos realizados em idosos submetidos à quarentena mostraram aumento da prevalência de sintomas de estresse pós-traumático, ansiedade, depressão, irritabilidade, raiva e medo, que podem persistir após muitos anos.

O fator emocional dos idosos em tempos de coronavírus necessita de atenção. Nesse caso, é importante, além das medidas de autoajuda (filmes, livros, etc.), ter apoio de um profissional médico para esclarecer, diagnosticar transtornos mentais e oferecer um tratamento adequado.

José Aires Maggi Coelho

Médico Psiquiatra

CRM-SC 12.189 | RQE 17.439

jose.aires@injq.com.br

Destaques
Mais Recentes