Blog do InJQ

Buscar
  • Equipe InJQ

Depressão Resistente ao Tratamento

Depressão Resistente ao Tratamento é como chamamos os casos em que a depressão de um paciente apresenta nenhum ou pouco resultado positivo com os tratamentos iniciais.

Segundo relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 4,4% da população mundial esteja com depressão, já sendo considerado o mal do século. Entre 2005 e 2015, a quantidade de pessoas depressivas aumentou em 18,4% em todo planeta.

No Brasil, a estimativa é de que 5,8% das pessoas tenham depressão (a maior taxa do continente latino-americano), e entre 10% e 30% dos brasileiros com depressão não respondem bem aos tratamentos convencionais contra esta doença, que já é considerada a principal causa de incapacidade no mundo, segundo a OMS.

Também conhecida como "depressão refratária" e "depressão não-responsiva", a Depressão Resistente têm sido cada vez mais alvo de pesquisas, ou seja, a ciência e a psiquiatria têm buscado alternativas para a Depressão Resistente.

Como acontece a "resistência"?

Cada organismo é diferente um do outro, e isso interfere na hora de administrar os medicamentos. Um organismo pode absorver a substância medicamentosa no estômago e no intestino mais rapidamente que outros, para levá-la à corrente sanguínea.

Quando o medicamento chega ao cérebro, também variam de pessoa para pessoa a taxa de produção das substâncias neurotransmissoras esperadas (tais como serotonina, noradrenalina e dopamina) e o nível de sensibilidade dos receptores.

Ainda é preciso que o fígado possa fazer a metabolização das substâncias, e cada organismo tem seu próprio ritmo. O ritmo considerado normal ocorre em aproximadamente 70% das pessoas, enquanto em 30% delas o ritmo é muito rápido, sem tempo para o remédio fazer efeito.

Algumas comorbidades também podem interferir nesse processo, tais como transtorno bipolar, distúrbios de tireoide, dores crônicas ou uso de outros medicamentos em conjunto.

Fonte: BBC News Brasil

Mais informações

O InJQ é um instituto é um centro clínico de referência em saúde mental com uma equipe de médicos especializados em Psiquiatria que zelam sempre pela saúde e qualidade de vida de seus pacientes.

InJQ - Sua vida é o que nos inspira.

Destaques
Mais Recentes
Biblioteca

INSTITUTO DE NEUROCIÊNCIAS DR. JOÃO QUEVEDO

NEUROCIÊNCIA, PSIQUIATRIA E ENSINO PARA VIVER MELHOR

Ligue  0800-006-2307 | contato@injq.com.br

 

PSIQUIATRIA | NEUROLOGIA | DEPENDÊNCIA QUÍMICA  

CONSULTAS | ATENDIMENTO DOMICILIAR | INTERNAÇÃO

CRIANÇAS E ADOLESCENTES | ADULTOS | IDOSOS

  • Instagram Instituto João Quevedo
  • Facebook Instituto João Quevedo

Acompanhe as novidades

nas mídias sociais.

Diretora Técnica Médica (Criciúma):

Drª. Kelen Cancellier Cechinel Recco

CRM-SC 13.394 | RQE 10.277

Diretora Técnica Médica (Araranguá):

Drª. Ritele Hernandez da Silva

CRM-SC 11.444 | RQE 11.334

Diretor Técnico Médico (Turvo):

Dr. Rafael Arceno

CRM-SC 18.994 | RQE 14.708