Blog do InJQ

Buscar
  • Dr.ª Kelen Cancellier Cechinel Recco

Obesidade relacionada a transtornos psiquiátricos

A obesidade já afeta quase 27% da população brasileira, e os transtornos psiquiátricos estão bastante relacionados a essa condição.



De 2013 a 2020, o número de obesos no Brasil dobrou, chegando a quase 27% da população. Esse é um dos resultados apontados pela Pesquisa Nacional de Saúde, divulgada no final de 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Em geral, quanto maior a prevalência da obesidade, mais comorbidades e mortalidades acontecem. Mais de 230 doenças estão relacionadas à obesidade, como o diabetes mellitus, a hipertensão, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) e a apneia do sono, por exemplo.



Obesidade e Transtornos Mentais


A obesidade também está relacionada aos transtornos psiquiátricos, mas ainda não se sabe exatamente como esta associação acontece. É bastante comum que os pacientes obesos possuam transtornos alimentares, de ansiedade e de humor.


Acredita-se que isso aconteça pelo estilo de vida sedentário desses indivíduos e pela falta de motivação, atrelada à alimentação pobre e aos efeitos colaterais dos medicamentos.


Além disso, os transtornos mentais compartilham alterações comuns com a obesidade, como o aumento de citocinas pró-inflamatórias (substâncias que participam das respostas do sistema imunológico) e possíveis disfunções do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (responsável por regular processos do organismo, dentre eles o humor, a sexualidade e a digestão).



Preconceito piora o quadro da obesidade


A obesidade não se limita tão somente a um problema individual, mas é social. Os estigmas negativos e discriminações podem contribuir para o agravamento do quadro, cada vez que o indivíduo se sente desqualificado e marginalizado.


Por isso, muitas vezes o paciente não busca ajuda adequada para seu diagnóstico e acompanhamento. Encontrar uma equipe qualificada para enfrentar a doença e suas relações é bastante benéfico na maior parte dos casos.


É importante ter uma dieta equilibrada, praticar exercícios físicos e ter a saúde mental como prioridade pode prevenir e tratar o peso excedente, os transtornos psiquiátricos, as doenças cardiovasculares e tantas outras comorbidades relacionadas.


Cuide de sua saúde!

Kelen Cancellier Cechinel Recco

Médica Psiquiatra

CRM-SC 13.394 | RQE 10.277

Destaques
Mais Recentes
Biblioteca

INSTITUTO DE NEUROCIÊNCIAS DR. JOÃO QUEVEDO

NEUROCIÊNCIA, PSIQUIATRIA E ENSINO PARA VIVER MELHOR

Ligue  0800-006-2307 | contato@injq.com.br

 

PSIQUIATRIA | NEUROLOGIA

CONSULTAS | ATENDIMENTO DOMICILIAR | INTERNAÇÃO

CRIANÇAS E ADOLESCENTES | ADULTOS | IDOSOS

  • Instagram Instituto João Quevedo
  • Facebook Instituto João Quevedo

Acompanhe as novidades

nas mídias sociais.

Diretora Técnica Médica (Criciúma):

Drª. Kelen Cancellier Cechinel Recco

CRM-SC 13.394 | RQE 10.277

Diretora Técnica Médica (Araranguá):

Drª. Ritele Hernandez da Silva

CRM-SC 11.444 | RQE 11.334

Diretor Técnico Médico (Turvo):

Dr. Rafael Arceno

CRM-SC 18.994 | RQE 14.708