Blog do InJQ

Buscar
  • Equipe InJQ

Vacinação pode causar autismo?


Um estudo publicado na renomada revista científica The Lancet, em 1998, causou um debate que perdura até hoje. O médico Andrew Wakefield afirmou que a vacina tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) causava autismo e desde então, os níveis de imunização no Reino Unido caíram ao ponto de ressurgirem os surtos de sarampo.

Diversas pesquisas tentaram comprovar a tese e nunca houve evidências que confirmassem a hipótese de Andrew. Em 2010, o Conselho Médico Geral britânico cassou seu registro como médico por acusações de fraude em sua pesquisa e a revista The Lancet se retratou e retirou o estudo de seus arquivos.

Embora esse estudo tenha sido invalidado e o autor tenha sido desacreditado, muitos pais optaram por não vacinar seus filhos, trazendo de volta doenças que já estavam erradicadas. O movimento antivacina nos EUA tem levado a surtos de sarampo, caxumba e coqueluche, que costumam estar mais associados a países pobres da Ásia e da África, onde não há acesso a serviços de saúde. Na Grã-Bretanha, há comunidades inteiras em que a cobertura vacinal está abaixo de 50%, sendo que, para especialistas, qualquer índice abaixo de 90% é perigoso.

Assim, queremos alertar os leitores de que não existe nenhuma evidência que relacione qualquer vacina a um aumento dos casos de autismo. Portanto, é muito importante que as crianças sejam vacinadas de acordo com o calendário vacinal e, acima de tudo, é fundamental que os pais tirem suas duvidas diretamente com um especialista, a fim de evitar informações irresponsáveis e oportunistas.

Jaime Lin

CRM-SC 11.401

Médico Neuropediatra

jaime.lin@injq.com.br

Destaques
Mais Recentes
Biblioteca

INSTITUTO DE NEUROCIÊNCIAS DR. JOÃO QUEVEDO

NEUROCIÊNCIA, PSIQUIATRIA E ENSINO PARA VIVER MELHOR

Ligue  0800-006-2307 | contato@injq.com.br

 

PSIQUIATRIA | NEUROLOGIA | DEPENDÊNCIA QUÍMICA  

CONSULTAS | ATENDIMENTO DOMICILIAR | INTERNAÇÃO

CRIANÇAS E ADOLESCENTES | ADULTOS | IDOSOS

  • Instagram Instituto João Quevedo
  • Facebook Instituto João Quevedo

Acompanhe as novidades

nas mídias sociais.

Diretora Técnica Médica (Criciúma):

Drª. Kelen Cancellier Cechinel Recco

CRM-SC 13.394 | RQE 10.277

Diretora Técnica Médica (Araranguá):

Drª. Ritele Hernandez da Silva

CRM-SC 11.444 | RQE 11.334

Diretor Técnico Médico (Turvo):

Dr. Rafael Arceno

CRM-SC 18.994 | RQE 14.708